Terra, o restaurante onde a gastronomia oriental se funde com o mediterrâneo

À chegada

Deixem-nos começar por explicar que o Restaurante Terra é, a par com o Cafeína, a Casa Vasco e o Portarossa, um dos quatro espaços que pertencem ao Grupo Cafeína. Esta é, de facto, uma proeza conseguida por Vasco Mourão, o proprietário, e os sócios, uma vez que todos eles parecem ter sido desenhados de regra e esquadro, com personalidades e temperamentos muito próprios, apesar de estarem a poucos passos de distância uns dos outros.

Ao entrar – a nossa reserva estava marcada para o piso superior – aceitamos, sem oferecer qualquer resistência, a primeira sugestão que nos foi dada: a de despir os casacos. Depois de indicada a mesa, já estava na hora de começar a “viajar” por uma carta que sabíamos apresentar pratos de cozinha internacional, com opções para amantes de sushi e adeptos do estilo mediterrânico.

Situado num edifício – não será em vão caraterizá-lo como histórico – da Foz do Douro, o Terra está repartido em três dimensões: o piso térreo, com um sushi bar que faz as delícias de qualquer entusiasta pela gastronomia oriental, o piso superior, onde o ambiente é propício a um jantar prolongado, e a varanda, dividida entre fumadores e não fumadores.

Fotografia de Restaurante Terra
Fotografia de Restaurante Terra

A experiência

A conjugação de sabores que imaginamos chegar à nossa mesa quando começamos a folhear as páginas da carta do Terra é capaz de deixar qualquer estreante com dúvidas. Indecisões à parte, até porque não convém “abusar” dos aperitivos, decidimos seguir o nosso instinto – apesar de termos piscado o olho a um temaki de salmão – e avançamos destemidos para duas entradas: o carpaccio e o tártaro de atum.

Os vinhos e as respetivas informações sobre castas, produtor, enólogo e até as notas de prova estavam disponíveis para consulta num iPad, que substitui a antiga carta de vinhos: não foi necessário percorrer a lista completa, até porque o Terra tem um vinho da casa que só é servido nos restaurantes do Grupo Cafeína. Os protagonistas seguintes são já considerados um clássico: o bife wellington e o fondant de caramelo com uma bola de gelado.

Informações adicionais

A Rua do Padrão, morada do Terra, tem início na Avenida do Brasil, estende-se até à Rua de Côrte Real e é dividida pela Rua de Gondarém, Rua Marechal Saldanha e Rua Dr. Sousa Rosas.

O Terra está aberto todos os dias, das 12h30 às 15h30 e das 19h30 às 00h30. Às sextas-feiras e sábados, o horário é prolongado até à 01h. As reservas estão disponíveis através do número de contacto indicado.

Morada: Rua do Padrão, 103 - Porto
Horário de funcionamento: Todos os dias, das 12h30 às 15h30 e das 19h30 às 00h30, 
sexta-feira e sábado está aberto até à 01h
Preço médio p/ pessoa: 45
Contactos: 226 177 339

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s