Primeiro restaurante solidário do Porto já abriu as portas

Utilização de espaços fechados

De acordo com uma notícia publicada pelo Jornal Público no último sábado, dia 15 de outubro, a primeira unidade da rede de restaurantes solidários do Porto está a funcionar há 25 dias num refeitório cedido pela Irmandade do Terço, a uns 250 metros da Praça da Batalha, onde antes paravam voluntários a distribuir comida a pessoas carenciadas, algumas sem abrigo.

De segunda-feira a domingo, voluntários da CASA – Centro de Apoio ao Sem Abrigo revezam-se para servir refeições no restaurante solidário. Integram estes turnos outros grupos de voluntários do Núcleo de Planeamento e Intervenção nos Sem Abrigo (NPISA) do Porto, a rede de 39 entidades locais que trabalham com pessoas que dormem na rua, em locais precários, em abrigos de emergência ou em alojamentos temporários.

A Polícia Municipal tem ordens para notificar quem tentar distribuir alimentos na Batalha. Deve encaminhar para a interlocutora do NPISA, Paula França, para que ela lhes explique a estratégia de integração definida para o Porto e lhes fale no restaurante solidário, como já fez com os Anjos Amigos ou os Missionários da Consolata de Águas Santas.

Fotografia de Fernando Veludo/NFactos
Fotografia de Fernando Veludo/NFactos

Ajuda organizada entre voluntários

Há perto de três anos, a GAS Porto estudou as rotas dos voluntários. Apontou zonas a descoberto. E zonas concorridas, com vários grupos de voluntários a aparecer na mesma noite, à mesma hora, a distribuir comida. Dentro do NPISA, ganhou força o debate sobre a necessidade de encontrar lugares abrigados onde, através de um sistema de escala, os voluntários pudessem distribuir os alimentos.

Já neste verão, no âmbito de um programa municipal destinado a reforçar respostas para pessoas em situação de sem abrigo, a Câmara Municipal do Porto anunciou a criação de uma rede de restaurantes solidários em quatro pontos estratégicos da cidade.

A primeira unidade abriu a 21 de setembro com uma cozinheira da Irmandade do Terço, ementas elaboradas pela Ordem dos Nutricionistas, alimentos recolhidos pela CASA, o Banco Alimentar, a Portis – Hostéis Portugueses, e supervisão da autarquia.

One Reply to “Primeiro restaurante solidário do Porto já abriu as portas”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s