Os 5 monumentos da Baixa do Porto que todos os turistas deveriam visitar

Foi em 1996 que a UNESCO classificou o centro histórico da cidade do Porto como Património Cultural da Humanidade. Poderíamos apontar vários motivos para a atribuição deste reconhecimento, mas de uma coisa estamos certos.  É a paisagem urbana desenhada pelos contornos do casario portuense, os seus monumentos construídos em séculos passados e o saber conjugar o antigo com o contemporâneo que tornam o Porto uma cidade única no mundo.

Estas são as 5 sugestões do webook Porto de monumentos da Baixa do Porto que todos os turistas deveriam visitar.


Capela das Almas

R. Santa Catarina, 428 

Este slideshow necessita de JavaScript.

A Capela das Almas, cuja construção teve origem, de acordo com a página oficial de Turismo do Porto, na primeira metade do século XVIII, está situada precisamente entre uma das ruas mais movimentadas do Porto, a rua de Santa Catarina, e a rua Fernandes Tomás. O seu edifício é caraterizado pelos traços arquitetónicos simples e a sua rara beleza artística e o que torna a Capela das Almas um dos monumentos que deve ser visitado é o seu revestimento exterior de azulejos em representação dos passos da vida de dois santos: São Francisco de Assis e Santa Catarina.

Horário: Segunda-feira a Sábado das 7h30 às 13h e das 15h30 às 19h e 
Domingo das 7h30 às 13h e das 18h às 19h
Transportes públicos: Autocarro (200, 300, 301, 302, 305, 401, 502, 701,
702, 800, 801, 905, 700) e Metro (Todas as linhas - Bolhão)

Teatro Nacional São João

Praça da Batalha

Este slideshow necessita de JavaScript.

Este edifício emblemático, que muitos conhecem por ser o Teatro Nacional São João, foi declarado como Imóvel de Interesse Público em 1982 e adquirido pelo Estado dez anos depois, mas nele já teve lugar o São João Cine, explorado pela Agência Cinematográfica H. da Costa, Lda. Entre 1993 e 1995, depois de profundas obras de remodelação da responsabilidade do arquiteto João Carreira, todas as atividades desenvolvidas neste espaço voltaram a focar-se no teatro e foi atribuída ao Teatro Nacional São João uma nova designação que se manteve-inalterável até hoje.

Horário: Terça-feira a domingo das 13h às 19h (exceto dias de espetáculo)
Transportes públicos: Autocarro (201, 207, 208, 302, 303, 400, 501, 904,
905) e Elétrico (Circular: Carmo - Batalha)

Torre e Igreja dos Clérigos

R. de São Filipe de Nery

Este slideshow necessita de JavaScript.

A Torre dos Clérigos está incluída em todos os guias turísticos da cidade como um dos pontos de passagem obrigatórios para quem estiver ou pretender visitar o centro histórico da cidade do Porto. Começou a ser construída em 1732, por iniciativa da irmandade dos Clérigos, e só ficou concluída 14 anos após o término, em 1749, das obras da Igreja dos Clérigos. Com 76 metros de altura e uma escada em espiral com 240 degraus, o projeto do arquiteto italiano Nicolau Nasoni previa inicialmente a construção de duas torres. Este já foi considerado o edifício mais alto de Portugal.

Horário: Todos os dias das 09h às 19h
Transportes públicos: Autocarro (200, 201, 207, 208, 300, 301, 302, 303,
304, 305, 500, 501, 507, 601, 602, 703, 801, 900, 901, 906) e Elétrico
(Circular: Massarelos - Carmos e Carmo - Batalha)

Igreja de Santo Ildefonso

Praça da Batalha

Este slideshow necessita de JavaScript.

Localizada na Praça da Batalha, a Igreja Matriz de Santo Ildefonso está revestida com cerca de 11.000 azulejos da autoria de Jorge Colaço, o mesmo autor dos azulejos da Estação ferroviária de São Bento, que representam cenas da vida de Santo Ildefonso e alegorias da Eucaristia. A atual Igreja de Santo Ildefonso começou a ser edificada em 1709 e passou por várias etapas até chegar à sua construção final, em 1739. Esta data tão importante para quem vive em Santo Ildefonso é comemorada, desde 2002, através da organização das Festas de Santo Ildefonso.

Horário: Segunda-feira das 15h às 18h, sábado das 9h às 12h e das 15h às 20h,
terça a sexta-feira das 9h às 12h e das 15h às 18h30
Transportes públicos: Autocarro (200, 201, 207, 300, 301, 302, 303, 305,
400, 401, 501, 800, 801, 904, 905, 700) e Elétrico (Circular: Carmo - Batalha)

Sé do Porto

Terreiro da Sé

Este slideshow necessita de JavaScript.

A Sé do Porto, de origem românica, fica situada no monte da Penaventosa, também chamado de Terreiro da Sé. Conta-se que a primeira pedra foi assente pela rainha Dª Teresa, viúva do conde D. Henrique, mas a sua construção só veio a ser concluída já no reinado de D. Dinis. Tem sido objeto de intervenções continuadas desde 1993, das quais se destacam a reabilitação das coberturas, o restauro da pintura mural da sacristia gótica e a inauguração do núcleo museológico do “Tesouro da Sé”.

Horário: Todos os dias das 9h às 12h30 e das 14h30 às 19h
Transportes públicos: Autocarro (207, 303, 400, 500, 900, 901, 904, 905,
906), Elétrico (Ciccular: Carmo - Batalha) e Metro (Linha D - São Bento)

2 Replies to “Os 5 monumentos da Baixa do Porto que todos os turistas deveriam visitar”

  1. Belíssimas fotos de lugares da minha infância. Todos eles frequentei e, inclusive, fui algumas vezes á Capela das almas buscar hóstias para a Igreja de Santo Ildefonso. Isto há setenta e alguns anos. Mas, não fica ENTRE as ruas de Santa Catarina e Fernandes Tomás mas, na ESQUINA delas.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s