Helena Almeida expõe no TNSJ a expressividade do corpo no espaço

Nos últimos anos, Helena Almeida tem vindo a utilizar a expressividade do seu próprio corpo para questionar os códigos artísticos.

Sem Título”, 1994-95 é a instalação da artista portuguesa que exemplifica exactamente essa vontade e que resulta de uma intenção em que, quando a imagem fotográfica é capturada, tudo se conjuga para, como diz Helena Almeida, “pôr as coisas de forma que as pessoas as vejam”. “Sem Título”, 1994-95 é uma sequência fotográfica de 20 elementos de grande formato onde a artista se faz fotografar a várias distâncias. A obra pode ser vista até dia 13 de dezembro no Salão Nobre do Teatro Nacional São João (TNSJ) e tem entrada gratuita ao público dos espectáculos e das visitas guiadas ao edifício.

Helena Almeida nasceu em Lisboa em 1934, tendo estudado pintura na Escola de Belas-Artes de Lisboa. Inicia a sua carreira no final da década de 60 e, em 1984, ganha o Prémio da Fundação Calouste Gulbenkian. A pintura e o desenho, mas também a escultura e a performance, são as expressões artísticas essenciais para se perceber a obra de uma artista plástica que se tornou uma figura incontornável no panorama artístico contemporâneo. A apresentação da instalação marca um novo ciclo da colaboração entre o TNSJ e o Museu de Serralves, que envolve a apresentação regular de peças da colecção de Serralves nos espaços do Teatro.

Fonte: Teatro Nacional São João

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s