Teatro Carlos Alberto explora a identidade europeia tendo como mote a comida, a sua distribuição e regras sociais.

Hoje, 25 de novembro, o Teatro Carlos Alberto (TeCA) acolhe a estreia de Yuck Factor, a nova produção do Visões Úteis. A peça, que estará em cena até domingo, dia 29 de novembro, parte das representações da identidade europeia veiculadas pelos media que parecem ter sido tomadas pelo designado Fator Yuck, definido como a crença no instinto de repugnância, ou seja, a convicção de que se uma coisa nos enoja é porque ela é efetivamente má ou perigosa.

A peça aborda a retórica do preconceito e da aversão realçada por circunstâncias desintegradoras, como a crise financeira ou a crise dos refugiados, e que se projeta em clichés identitários associados aos costumes, nomeadamente no que diz respeito aos alimentos. E é a comida precisamente o ponto central da nova produção do coletivo dirigido por Ana Vitorino e Carlos Costa, também eles protagonistas de Yuck Factor juntamente com Cristóvão Carvalheiro e a atriz espanhola Ainhoa Hevia Uria. A sua distribuição, o modo de servir e de consumir, as regras implícitas ou definidas por protocolo para estar à mesa com os outros servem de pretexto para falar dos impasses na construção de uma identidade plural e da intolerância entre culturas.

Luís Mestre, dramaturgo e encenador, refere no programa da peça a imposição social do que se deve ou não comer, aproveitando o último estudo da Organização Mundial de Saúde que comparava os efeitos negativos da ingestão de carne processada e de carne vermelha com o consumo de tabaco. “Perguntamo-nos qual será a última refeição da Europa. Mas, depois, logo em seguida, surgem recuos, novas contradições, embelezamentos e floreamentos da palavra dita e escrita, revelando-nos até que a culpa, afinal, é nossa e não do enchido”.

Yuck Factor é para maiores de 16 anos e resulta de uma coprodução entre Visões Úteis e Centro de Arte de Ovar, com colaboração do Teatro Nacional São João. Está em cena de quarta-feira a sábado, às 21h00, e no domingo, às 16h00. Os bilhetes custam 10 euros.

Mais informações disponíveis aqui.

One Reply to “Teatro Carlos Alberto explora a identidade europeia tendo como mote a comida, a sua distribuição e regras sociais.”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s